Nutrição

banana-da-terra

Graças ao apoio da pesquisa científica, o Brasil conta agora com duas variedades de plátanos registradas oficialmente e uma terceira encontra-se em processo para essa oficialização. Fruto muito semelhante à banana, o plátano tem casca mais dura, é mais esverdeado e costuma ser comercializado com o nome de banana-da-terra (veja quadro abaixo).

Apesar de já serem cultivados há mais de uma década no Brasil, os plátanos não contavam com mudas registradas. A inclusão das variedades D’Angola e Terra Maranhão no Registro Nacional de Cultivares (RNC) do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), permitirá a produção e identificação de matrizes livres de vírus, cem como o acesso dos produtores aos sistemas oficiais de crédito rural.

bebida de maçã com lactobacilos vivos

Pesquisadores da Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ) e da Embrapa Uva e Vinho (RS) desenvolveram uma bebida de maçã com lactobacilos vivos e que não precisa de refrigeração. Até agora, no Brasil, somente alimentos lácteos contêm esse microrganismo benéfico à flora intestinal. O novo produto atende consumidores com alergias e intolerâncias a leite e seus derivados e os adeptos da alimentação vegana.

Produzida com suco integral da fruta e probióticos encapsulados, a nova bebida possui dupla funcionalidade: o suco de maçã é reconhecidamente benéfico à saúde humana, devido aos seus compostos bioativos, e os probióticos auxiliam no equilíbrio da microbiota intestinal e na prevenção de várias doenças. No momento, a Embrapa está em busca de parceiro

arroz

As cultivares de arroz de grão preto SCS 120 Ônix e de grão vermelho BRS 902 são as que contêm os maiores teores de compostos bioativos, sendo as mais eficientes em neutralizar radicais livres. Essa é a conclusão dos testes realizados pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) em parceria com a Embrapa Arroz e Feijão (GO), com o objetivo de identificar a presença de compostos capazes de prevenir o envelhecimento das células do organismo humano.

A pesquisa comparou amostras do grão integral cozido de quatro cultivares de arroz colorido. Usando método laboratorial para obter extratos fitoquímicos do conteúdo das amostras, o estudo isolou o fenol, um tipo de composto conhecido nos alimentos ligado à atividade

suco de uva

Desenvolvidas pela Embrapa Uva e Vinho (RS), cultivares de uva voltadas à elaboração de sucos posicionaram o Vale do São Francisco, em pleno sertão nordestino, como polo produtor da fruta para bebidas de alta qualidade, ao lado da Serra Gaúcha. Grandes empresas do setor alimentício lançaram marcas que usam a origem das uvas como diferencial de valor de seus produtos.

A Coca-Cola do Brasil lançou recentemente o suco 100% Origens Nordeste, linha premium da Del Valle que utiliza como matéria-prima as cultivares Isabel Precoce e BRS Magna, ambas obtidas pelo Programa de Melhoramento Genético Uvas do Brasil, da Embrapa.

Outra gigante do setor, a Miolo Wine Group, utiliza cultivares da Embrapa na elaboração do suco

mandioca

A indústria baiana de farinha e fécula de mandioca contará a partir de agora com uma nova variedade de mandioca capaz de fornecer muito mais amido. Desenvolvida pela Embrapa em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e com a fecularia Bahiamido, a BRS Novo Horizonte é capaz de apresentar até 33% de amido extraível, índice superior ao das variedades usadas no mercado, cujo melhor desempenho alcança até 28%. O resultado é uma produtividade de 8,66 toneladas de amido por hectare, bem superior à obtida por outras variedades (veja tabela abaixo). O novo material é destinado às microrregiões baianas de Valença, Jequié e Santo Antônio de Jesus.

“O ponto principal é o

cultura de neurônios humanos

A quantidade de calorias que uma pessoa consome influencia diretamente o funcionamento de diferentes células. Um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) tem mostrado como refeições menos calóricas têm um efeito protetor contra algumas doenças.

Alguns desses trabalhos foram apresentados no primeiro dia da FAPESP Week London, realizada entre 11 e 12 de fevereiro de 2019.

Os estudos foram conduzidos no âmbito do Centro de Pesquisa em Processos Redox em Biomedicina (Redoxoma) – um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPIDs) da FAPESP.

“Buscamos olhar como alterações na dieta afetam o metabolismo e como isso acaba alterando a chance de ter doenças associadas à idade”, disse Alicia Kowaltowski, professora do Instituto

horta orgânica

Uma das definições de educação é a "aplicação dos métodos próprios para assegurar a formação e o desenvolvimento físico, intelectual e moral de um ser humano". Baseada nessa visão, a direção do Colégio Estadual Brigadeiro Schorcht, na Taquara, Zona Oeste do Rio de Janeiro, decidiu abrir espaço para novas experiências pedagógicas. Desde 2012, a unidade pública passa por um processo de transformação, que está em andamento e tem tido grande aceitação dos alunos.

O primeiro passo foi firmar uma parceria com o Programa de Desenvolvimento do Campus Fiocruz Mata Atlântica (PDCFMA). Por meio Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e do edital Apoio à Melhoria do

Salpicão de frango

Com a proximidade do Natal e das festas no final do ano, chega também a preocupação com os pratos que serão servidos nas ceias. Além de saborosos, é importante optar por alimentos saudáveis e evitar os terríveis exageros na comilança, para prevenir desconfortos.
Por isso, a Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, apresenta uma tradicional receita de final de ano reformulada: o Salpicão de frango ovolactovegetariano.
De acordo com a nutricionista Bruna Pavão, responsável pela elaboração receita, o alho poró, um dos ingredientes saudáveis do prato, auxilia a prevenir a diabetes e doenças cardíacas. “Além disso, tem baixo teor de gordura e ação diurética no organismo”, completa. Confira abaixo a

receita:
Ingredientes:
• 2

queijo

 

A bactéria Lactobacillus rhamnosus EM 1107, empregada na produção de queijo de leite de cabra, apresentou capacidade de sobreviver ao processo digestivo e controlar respostas inflamatórias intestinais. Foi o que mostrou pesquisa executada na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em parceria com a Embrapa e publicada na revista Journal of Functional Foods.

O microrganismo é um dos isolados de produtos lácteos da Caatinga que são estudados pela Embrapa Caprinos e Ovinos (CE) e instituições parceiras para serem ingredientes de produtos lácteos benéficos à saúde. Entre eles, um queijo caprino 100% nacional que terá essa bactéria em sua composição e que já está sendo testado no laticínio da Fazenda Carnaúba, em Taperoá, na Paraíba.

Coleções

Alimento

Existe algo de excessivo no tamanho das porções de comida servidas em restaurantes e isso não ocorre apenas nos Estados Unidos. Estudo realizado por equipe internacional de pesquisadores, que contou com o apoio da FAPESP, mostra que porções exageradas são comuns em restaurantes mundo afora.

O estudo publicado no British Medical Journal pesou e mediu o valor calórico de refeições em restaurantes populares no Brasil, China, Finlândia, Gana, Índia.

O resultado mostrou que 94% das refeições à la carte e 72% dos pratos servidos em fast-foods continham mais de 600 quilocalorias – mais que o consumo energético por refeição recomendado pelo Sistema de Saúde da Inglaterra (NHS).

Os pesquisadores encontraram uma relação significativa entre o

Arroz vermelho BRS 901

A Embrapa acaba de disponibilizar ao mercado a cultivar de arroz vermelho BRS 901, a primeira obtida a partir de cruzamento artificial no País. A nova variedade é indicada para cultivo nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Trata-se de uma opção para atender a nichos de mercado, podendo compor pratos típicos da Região Nordeste e receitas da alta gastronomia.

A produção de arroz vermelho no Brasil concentra-se nos estados da Paraíba, maior produtor, e Rio Grande do Norte, mas ele é encontrado como cultura de subsistência no Ceará, Pernambuco, Minas Gerais e Espírito Santo, onde ainda é cultivado utilizando-se técnicas tradicionais. A produção desse arroz no País, em anos de