O objetivo é valorizar aqueles que buscam contribuir com melhorias sociais por meio de serviços prestados à população

Encerram em 21 de agosto as inscrições para o Prêmio Doutor Cidadão, uma iniciativa da Associação Paulista de Medicina (APM).

Instituído em 2004, o prêmio reconhece ações sociais criadas por profissionais da área médica, médicos ou acadêmicos de medicina, que atuem na parte educacional, de assistência social, meio ambiente e saúde do Estado de São Paulo. O objetivo é valorizar aqueles que buscam contribuir com melhorias sociais por meio de serviços prestados à população.

A escolha dos vencedores é feita por uma comissão julgadora, com base em critérios que levam em conta o impacto da atuação dos candidatos nas políticas públicas de saúde, resultados, metas de curto e médio prazo, número de pessoas atendidas e relação custo x benefício da ação.

A premiação é dividida em três categorias: Acadêmicos da Medicina, Médicos – Pessoa Física e Médicos – Pessoa Jurídica. Os prêmios variam de R$ 3.000 a R$ 13.000. A comissão julgadora também selecionará um projeto para receber o Prêmio Incentivo, no valor de R$ 2.000.

Além da ajuda financeira, o prêmio Doutor Cidadão pretende dar visibilidade e notoriedade aos trabalhos desenvolvidos pelos médicos, valorizando essas ações.

Os projetos devem ser entregues na sede da APM, na Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, 278, 1º andar, em São Paulo. A inscrição é gratuita e deve ser feita pelo idealizador ou representante da ação.

A solenidade de anúncio de vencedores e premiação ocorrerá em 6 de novembro, no Auditório Nobre da Associação Paulista de Medicina.

Para mais informações, acesse o site www.apm.org.br/premiodrcidadao/default.aspx ou entre em contato pelo telefone (11) 3188-4280.

Agência FAPESP

Pin It