Aplicativo Campus USP

Nova funcionalidade começou no dia 28 de novembro e permite também informar ocorrências de incêndio e emergências médicas

O aplicativo Campus USP, que permite o monitoramento de todos os campi da Universidade, está lançando três novas funcionalidades. A partir de agora, os usuários também poderão registrar denúncias de violência contra mulher, incêndio e emergências médicas.

No sistema, também pode-se informar ocorrências relacionadas a furtos, roubos, sequestros, vandalismo, problemas na iluminação pública, vazamentos de água e presença de animais abandonados.

Os registros podem ser feitos por meio de texto, fotos ou áudio e são encaminhados imediatamente para o atendimento da Guarda Universitária e das Prefeituras dos Campi.

O aplicativo permite comunicação direta da comunidade USP (funcionários, estudantes e professores) com a Central de Operações da Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária (SPPU) e com setores das Prefeituras de Campus da USP. A Central atende 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Somente pessoas vinculadas à Universidade, ou seja, tenham um número USP, podem utilizar o recurso. O aplicativo foi desenvolvido pelas Superintendências de Segurança e de Tecnologia da Informação da USP e está disponível nas lojas App Store e Google Play para download e atualização.

Depois de instalado no celular, o usuário deve fazer o login com seu número USP, usando a senha única de acesso aos sistemas institucionais da Universidade. O sistema está em funcionamento em todos os campi da USP – Bauru, São Carlos, Piracicaba, Pirassununga, Lorena, Ribeirão Preto e São Paulo.

Segurança compartilhada

Desde setembro o Campus USP está funcionando como um canal de comunicação para registrar ocorrências de segurança e de gestão nos campi da Universidade. No aplicativo, o usuário pode registrar ocorrências, fazer chamadas de emergência para a Guarda Universitária, ver o mapa de segurança e ativar o sistema de alerta.

Outra função é que o usuário, durante um deslocamento a pé, pode ativar o sistema de alerta que, em uma situação de emergência, avisa a Guarda Universitária, bastando, para isso, um agito no aparelho celular.

Jornal da USP
Com informações da Superintendência de Tecnologia da Informação

Pin It