Cabruera

No dia 8 de julho (sábado, às 21h30), a banda Cabruêra se apresenta na Comedoria do Sesc Belenzinho. O show é formado por músicas representativas de seus cinco álbuns lançados no Brasil, com destaque para canções que do cancioneiro popular da Paraíba, como “Bendito de São José”, “Passarada” e “Samba Negro”

O grupo é formado por Arthur Pessoa (na voz, viola e melódica), Pablo Ramires (na bateria), Edy Gonzaga (no baixo), Leo Marinho (na guitarra), Cleovaldo Rodrigues (no trombone) e João Henrique (no trompete).

O espetáculo se divide em três partes. O repertório inicial é mais tradicional, composto músicas dos primeiros álbuns, onde se destacam os cocos e emboladas. A segunda parte tem a marca do experimentalismo como o violão tocado com uma caneta esferográfica, efeito que se tornou uma marca da banda (“Forró Esferográfico”, “Espinhos”, “Visagem” e “A Pisada”). Nesse momento há também um trecho percussivo, com referência aos ritmos nordestinos como forró, baião, coco e emboladas. Já a parte final do show é marcada pela interação com o público, levando a platéia a realizar uma grande ciranda embalada por canções de domínio público.

De Campina Grande, PB, a Cabruêra foi formada há 18 anos por ex-alunos da UFPB - Universidade Federal da Paraíba. São cinco álbuns no Brasil: Cabruêra, de 2000; Samba da Minha Terra, de 2004; Sons da Paraíba, de 2005; Visagem, de (2010); e Nordeste Oculto, de 2012. O segundo disco foi lançado mundialmente, pelo selo alemão Piranha Records, e teve músicas incluídas em diversas coletâneas lançadas no Brasil, Japão, Estados Unidos, Portugal, França e Alemanha, além de filmes e documentários no Brasil, Estados Unidos e Europa. E em 2015, pelo selo inglês Tumi Music, lançaram o álbum duplo Colors of Brazil nos Estados Unidos e na Europa, ganhando prêmios de melhor música e melhor vídeo pela Akademia Awards, de Los Angeles.

Com diversas participações em importantes festivais no Brasil e exterior, a banda já soma mais de 60 shows na Europa, além de turnês na África e Estados Unidos e prêmios como o Kikito de “Melhor Trilha Sonora” em 2001, pelo curta A Canga, de Marcus Vilar. Entre os festivais nacionais, destaque para Abril Pro Rock, Goiânia Noise, Rec Beat, Mada, Calango, Porto Musical e Feira Musica Brasil. Dos festivais internacionais, Summerstage nos Estados Unidos, Midem na França, Roskilde na Dinamarca, Popkomm na Alemanha, WOMAD na Inglaterra e Itália, e Montreux Jazz Festival na Suíça.

Serviço

Show: Cabruêra
8 de julho. Sábado, às 21h30
Local: COMEDORIA (500 pessoas). Duração: 1h30. Classificação etária: 18 anos.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira); 10,00 (aposentado, pessoa com mais de 60, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública) e R$ 6,00 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado). Venda pelo Portal e unidades Sesc.

Sesc Belenzinho
Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – SP/SP. Tel: (11) 2076-9700. www.sescsp.org.br/belenzinho
Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena).

Pin It