Música

Prislla

Para os que desejam celebrar a virada do ano em alto estilo o Flutuante Rio, localizado na Urca promete uma festa exclusiva para 140 pessoas no mais alto nível de serviço. No comando do som terá Prislla, DJ residente do local e curadora musical e Djs especialmente convidados pela curadora para somar e agitar o grande evento.

O time de peso escalado para a celebração de fim de ano conta com Rodrigo Câmara, Dj das festas Fishbone e Punta Rocca Beach Búzios, Dj Ed Vieira, presente em muitas festas vips cariocas, e Duda Santtos, do Programa Adrenalina Transamérica, além das principais festas eletrônicas da cidade.    

A noite será brindada com a melhor vibe

Roberto Seresteiro

O paulista Roberto Seresteiro apresenta-se no dia 17 de novembro, domingo, no Bar do Alemão, às 19h30. O show é recheado de serestas e gêneros musicais afins, fruto de quase duas décadas de pesquisa dedicadas à valorização deste repertório, que teve início ainda em sua adolescência.

Seresteiro, com seu carisma e timbre lapidado, canta acompanhado pelos instrumentistas Guilherme Girardi (violão) e Cléber Silveira (acordeom). O show conta ainda com canjas de outros músicos e cantores, amigos de Roberto.
Nascido em Piracicaba, SP, Roberto Seresteiro canta desde criança, incentivado pelo avô, Amando Saglietti, um colecionador de discos e livros que o estimulou a apreciar a música popular brasileira, principalmente da chamada "época de ouro". Na adolescência, passou

Fátima Guedes

A cantora, compositora e violonista carioca Fátima Guedes apresenta, no dia 12 de novembro, terça-feira, o show solo O Poder da Lira no Bar do Alemão, às 21 horas.

Artista de timbre singular e interpretação personalíssima, Fátima comenta sobre a apresentação: "No palco, sozinha com Deus e meu violão, vou falar da minha vida de compositora popular, contar a historia de algumas canções e alguns casos. No repertório estão coisas antigas e musicas novas num bate papo divertido numa conexão que, tenho certeza, vai perdurar para além do encontro no Bar do Alemão".

Entre as canções do show estão: “Avassalador”, “Domingueira”, “Condenados”, “Peça Desculpas”, “Minha Nossa Senhora”, “Cheiro de Mato/Chuva Sertaneja”, “O Resto do Resto”,

Samba a Quatro

O Bar do Alemão, casa de propriedade do violonista e compositor Eduardo Gudin, fechará suas portas em breve. A programação sege normalmente até o dia 14 de novembro.

No dia 30 de outubro, quarta, a partir das 20h30, o projeto #OcupAlemão recebe o show Samba a Quatro, que reúne Renato Passarinho, Bell Mainardi, Marcelo Menezes e Gessé Fróes.

Os quatro compositores são nomes de destaque no atual cenário do samba, que se encontram no Bar do Alemão para mostrar um pouco de seus trabalhos autorais. Bell assume o microfone, Marcelo vai de violão, Passarinho toca pandeiro e Gessé tem a responsa do cavaco. Os três músicos também cantam e fazem vocais na apresentação.

Samba a

Pedro Rebello

O Bar do Alemão recebe no dia 20 de outubro, domingo, o espetáculo de música mediterrânea Mahur, às 19h30. Multicultural e poliglota (da Mesopotâmia ao Magreb), Mahur é um projeto de Pedro Rebello, que assina concepção e direção, além de atuar como cantor, alaudista, flautista e percussionista. Completando o Mahur Trio estão Luan Frank (violinista e percussionista) e Marcos Timóteo (percussionista). O espetáculo tem ainda participação da dançarina Elaine Keite.

O enredo musical de Mahur transita do Iraque ao Marrocos, passando por diferentes regiões, culturas, línguas, religiões e períodos históricos. Uma série de instrumentos tradicionais corrobora com a estética apresentada por Rebello, entre eles: alaúdes otomanos, flautas meso-orientais e instrumentos de percussão asiáticos e africanos,

Izaias e seus Chorões

No dia 16 de novembro, sábado, às 20h, o Centro de Música Brasileira promove o encerramento da Temporada 2019 no Centro Brasileiro Britânico. Primeiro um trio se apresenta no Festival Nilcéia Baroncelli, Lucas Raulino (violino), Fernanda Pavan (viola) e Nilcéia Baroncelli (piano). Em seguida, Eudóxia de Barros (piano) toca com o Izaias e seus Chorões. Apoio Cultural da Cultura Inglesa de São Paulo. Grátis!

Izaias e seus Chorões vão tocar obras de Ernesto Nazareth, Otávio Dutra, Amador Pinho, Waldyr Azevedo e Israel Almeida. O grupo é formado por Izaias Bueno de Almeida (bandolim), Israel Bueno de Almeida (violão de 7 cordas), Marco Bailão (violão), Getúlio Ribeiro (cavaquinho) e Allan Gaia Pio (pandeiro). Eudóxia de Barros

Freud à Deriva

O Bar do Alemão,tradicional casa de propriedade do violonista e compositor Eduardo Gudin, encerrará suas atividades no dia 14 de novembro, depois de 51 anos.

No dia 27 de outubro (domingo, às 19h30), o Bar do Alemão recebe show do grupo Freud à Deriva que faz homenagem a Belchior (1946-2017), tocando na íntegra o antológico disco Alucinação,  lançado em 1976. A banda promete executar as faixas em sua ordem original.

A ideia desse show surgiu um ano antes da partida do compositor cearense. O trio baseou-se nos arranjos originais para criar releituras com viola caipira, guitarra e contrabaixo, acompanhando as vozes do trio. O intuito do projeto é conduzir os admiradores de Belchior a uma viagem

Fabio Luz

No dia 19 de outubro, sábado, às 20h, o Centro de Música Brasileira fará uma Homenagem ao Centenário de Nascimento de Claudio Santoro com recital de Patrícia Endo no canto e Alessandro Santoro ao piano. Apresenta-se ainda o pianista Fábio Luz. A série acontece no Centro Brasileiro Britânico e conta com o Apoio Cultural da Cultura Inglesa de São Paulo. Grátis!

Patrícia Endo é bacharel em canto com especialização em vários países: Alemanha, Brasil, Estados Unidos, Hungria e Itália. Alessandro Santoro é filho do compositor e mestre em piano pelo Conservatório Tchaikovsky de Moscou. Gravou 20 CDs. É professor de cravo e baixo contínuo na TOM Jobim – Escola de Música de São Paulo (EMESP).

Arrigo Barnabé

O artista multifacetado e ícone da vanguarda paulistana Arrigo Barnabé apresenta, no dia 10 de novembro (domingo, às 19h30), no Bar do Alemão, seu novo show Quero Que Vá Tudo Pro Inferno!, no qual interpreta as obras de Roberto Carlos e parcerias com Erasmo Carlos, além de músicas de outros compositores que foram sucessos na voz do “rei”.

Acompanhado pelos músicos Paulo Braga ao piano e Sérgio Espíndola ao violão, Arrigo (piano) reinterpreta Roberto Carlos de modo original: ao mesmo tempo inovando e realçando o sentido original das músicas. O espetáculo revive o clima da jovem guarda com o humor e a irreverência peculiares do artista, recriando canções que habitam o imaginário de quem ouviu e curtiu, de quem

Izzy Gordon

O Bar do Alemão, casa de propriedade do violonista e compositor Eduardo Gudin, encerrará suas atividades no dia 14 de novembro.

Hoje faz 60 anos que Dolores Duran nos deixou. A cantora paulista Izzy Gordon, sobrinha de Dolores, faz show hoje (24/10), às 21h, no Bar do Alemão para contar e cantar um pouco da história da compositora, que faleceu em 1959 aos 29 anos.

O show traz composições de Dolores, além de músicas de seu vasto repertório como intérprete, entre elas “My Funny Valentine”, “A Banca do Distinto”, “A Fia de Chico Brito” e as obrigatórias “Por Causa de Você” e “A Noite do Meu Bem”.

A cantora Izzy Gordon cresceu ouvindo jazz e

Wallace Oliveira, Rosa Amélia e Daniel Pardal

No dia 10 de outubro, quinta-feira, às 21h, o Bar do Alemão recebe o espetáculo Uma Noite em Lisboa com o trio de fadistas Vinícius Rocha, Daniel Pardal e Rosa Amélia.

O show - que tem acompanhamento da guitarra portuguesa de Wallace Oliveira e da viola de Vinícius – traz misto de fados com canções que marcaram época, criando um clima típico das casas de Lisboa, o berço do gênero.

O fado é a música que melhor define a alma do povo lusitano. As canções, das mais alegres as mais dolentes, traduzem a profundidade dos sentimentos e conduzem a uma viagem de emoções. Entre as canções, clássicos como “Nem às Paredes Confesso” (Ferrer Trindade e Artur